em processo Este blog é um diário de artista, registro de partes do processo, notas, imagens e pensamentos.

Fui convidada pelo Mirs a produzir 4 postais para uma mostra, e como já fazia tempo que eu tinha curiosidade pela arte postal, eu adorei o convite! Entre as 4, uma delas será enviada para a Itália. E como não vou ficar com nenhum, fotografei e aqui está, para registrar. Gostei muito disso, espero fazer outras.

Em breve posto mais informações sobre a mostra e conto para onde foi cada uma delas.

- Nota para uma mudança sutil nas composições.

Pistas não faltam, e vários artistas contemporâneos têm em mente a mesma busca ou exigência, precisamente esta: perseguir o invisível, visar ao inefável, desejar o nada, pretender-se transparente, apagar os próprios rastros, não ser nada.

CAUQUELIN, A. Frequentar os incorporais. São Paulo: Martins Fontes, 2008, p. 12

Muito obrigada.Aos 20 corações do FICA, por serem parte desse trabalho. Dá um gosto ver o trabalho crescer assim.~ Já estão em heartsize.tumblr.com.

Muito obrigada.

Aos 20 corações do FICA, por serem parte desse trabalho. Dá um gosto ver o trabalho crescer assim.

~ Já estão em heartsize.tumblr.com.

"Além dos registros do Não Lugar que ficaram lindos, ela nos registrou de uma forma absolutamente genuína. Com seios desnudos e coração na mão me dei conta de várias essências que até então não enxergava… As influências do Não Lugar certamente nos transformaram, nos dando um sentimento de permanência… Grata à todos que de um jeito ou outro passaram por ali, intervindo ou interagindo… voltem sempre!"

Recebi este comentário da Patrícia dos Anjos, esta semana. Ela resumiu muito bem o que foi esta experiencia para nós.

De 11 a 14 de setembro tive a felicidade de participar do FICA - Festival Itajubense de Cultura e Arte - onde apresentei dois trabalhos em processo: Remetente Desconhecida e Projeto Procura-se, na Galeria Não Lugar junto a outros artistas maravilhosos.

Realizei também uma ação conjunta do Projeto Procura-se, convidando as pessoas para que posassem para as fotos, e fiquei muito feliz por ter 20 novos corações, que logo vou publicar no blog do projeto.

Para quem quer saber mais sobre o FICA, vejam as fotos em https://www.facebook.com/ficaitajuba

já aconteceu muita coisa até aqui.Essa semana acho que finalmente resolvi uma forma de expor este projeto. Estou contente com o resultado até agora. Como as transferências não deram certo, resolvi usar o adesivo transparente mesmo. Apliquei um verniz incolor fosco para proteger a imagem impressa, e isso deixou o trabalho mais frágil ainda.Sobre a imagem, eu inseri este quadrado branco. Funciona para delimitar o espaço em questão, e ajuda a traduzir o que eu imaginei. (Espero que as pessoas que participaram não fiquem descontentes comigo por isso).Percebi que é muito delicado lidar com os corações das pessoas, ainda que seja só uma imagem deles.Nesta montagem usei placas de vidro de 4mm com as borda lixadas, e na vidraçaria mesmo encontrei esse suporte: é uma pequena canaleta de alumínio, que segundo o vendedor, não tem uma aplicação específica. Achei que funcionou, assim posso usar fita adesiva para fixa-lo na parede.?

já aconteceu muita coisa até aqui.

Essa semana acho que finalmente resolvi uma forma de expor este projeto. Estou contente com o resultado até agora. 

Como as transferências não deram certo, resolvi usar o adesivo transparente mesmo. Apliquei um verniz incolor fosco para proteger a imagem impressa, e isso deixou o trabalho mais frágil ainda.

Sobre a imagem, eu inseri este quadrado branco. Funciona para delimitar o espaço em questão, e ajuda a traduzir o que eu imaginei. (Espero que as pessoas que participaram não fiquem descontentes comigo por isso).

Percebi que é muito delicado lidar com os corações das pessoas, ainda que seja só uma imagem deles.

Nesta montagem usei placas de vidro de 4mm com as borda lixadas, e na vidraçaria mesmo encontrei esse suporte: é uma pequena canaleta de alumínio, que segundo o vendedor, não tem uma aplicação específica. Achei que funcionou, assim posso usar fita adesiva para fixa-lo na parede.

?

De volta ao projeto “Procura-se” - testes de impressão.

Hoje fiz testes de impressão e transferência com thinner.

As (3) primeiras imagens são as tentativas de transferência com thinner sobre vidro, o resultado fica quase invisível, porque o vidro não absorve a tinta, é não funcionou. Usei impressões a laser e xerox - os resultados que podem ser vistos na 1a imagem são do xerox

Também fiz duas impressões sobre adesivo transparente, e apliquei sobre o vidro, gostei do resultado.

Espero poder expor em breve.

Exposição na livraria La Selva
Indaiatuba/SP

Hoje, as 18h30.Exposição com o pessoal do Curso de Gravura.

Hoje, as 18h30.
Exposição com o pessoal do Curso de Gravura.

@mpaulafd